Treino de corrida para emagrecer

Treino de corrida para emagrecer

Muitas pessoas chegam até a nossa assessoria buscando treino de corrida para emagrecer, mas vamos ser realistas que a corrida sozinha tem apenas um efeito modesto para a perda de peso e para chegar ao peso ideal (e com saúde, claro!) é necessária uma combinação de dieta e exercício físico para criar um déficit de energia e o resultado acontecer.

A corrida é uma das modalidades esportivas que mais contribuem para o emagrecimento e controle de peso, por ser o tipo de exercício aeróbico que aumenta a aptidão cardiorrespiratória maximizando o gasto energético. No entanto, os resultados dependem da individualidade biológica de cada pessoa, além de fazer uma restrição alimentar consumindo menos calorias e ter o aumento do exercício físico para criar um balanço energético negativo. Ou seja, consumir menos e se exercitar mais.

Além da perda de peso, o treino de corrida pode levar à queima de gordura, aumentando os níveis de hormônios do crescimento (GH), epinefrina e norepinefrina, responsáveis por estimulam a mobilização de gordura armazenada e ativam as enzimas lipase, que quebram os triglicerídeos em ácidos graxos livres, que metabolizados servem como uma importante fonte de energia.

Qual a frequência e intensidade do treino de corrida para emagrecer

Para que o resultado seja bem sucedido, o recomendado é de, no mínimo, 3 dias/semana de 30-45 minutos de duração, intercalando entre intensidades moderada a vigorosa de corrida.

Dicas treino de corrida para emagrecer

A seguir deixarmos algumas dicas para que você queime aquela gordurinha indesejada.

Corra com regularidade: comece correndo 3 vezes na semana, e conforme conquistar melhor condição física, aumente gradualmente para 4x ou 5x por semana. Mas converse com o seu treinador e sempre veja os sinais que o seu corpo dá. Se houver muita sobrecarga, o resultado pode ser lesões graves e prolongar o ritmo do seu objetivo.

Treino de corrida para emagrecer

Variedade no treino: não fique em apenas nos treinos de rodagem. Faça corridas intervaladas e fartleks, desta maneira você está forçando seu corpo a se adaptar constantemente a diferentes estímulos.

Intensidade: um treino vigoroso exige muita energia, e consequentemente, o percentual de gordura queimada é bem alta. Mas lembre-se que, o exercício com uma alta intensidade irá gerar um grande desgaste e vai exigir de você um maior tempo de recuperação. Por isso, a melhor opção é intercalar os treinos de moderada e alta intensidade.

Descanso: o corpo necessita de tempo para se adaptar aos estímulos de treino e se preparar para os outros que virão. Por isso, o descanso é importante para se recuperar destas “pancadas”. Aliás, fique sabendo que mesmo após o término da corrida o corpo continua queimando calorias, pois para ele voltar a condição normal, de repouso, utiliza a energia acumulada.

Treino de corrida para emagrecer

Treinamento de força: além de correr, inclua, pelo menos, uma sessão semanal de treino de força de intensidade moderada, com implementos ou o próprio peso do corpo. Eles ajudam para a maximização do gasto energético e potencialização do emagrecimento.

Treino de corrida para emagrecer

Se você apostar na corrida aliada a um acompanhamento nutricional voltado para o emagrecimento, poderá observar os resultados logo nas primeiras semanas. Lembrando que os resultados podem variar de acordo com a pessoa, já que depende da individualidade biológica de cada um.

Quer perder peso correndo? Vem falar com a gente.

Bom treinos e até a próxima.

Fotos: Divulgação

.

.

Deixe uma resposta