Outras atividades físicas melhoram a corrida?

Outras atividades físicas melhoram a corrida?

Muitos corredores, além de gostarem de correr, curtem praticar outros exercícios físicos, como a bike ou a natação. E alguns deles têm dúvidas se pedalar ou nadar pode ajudar na performance como corredor. Mas será que outras atividades físicas melhoram a corrida? Para explicar sobre esse assunto, precisamos esclarecer sobre os conceitos do treinamento físico esportivo e existem dois pontos:

Mais volume semanal de corrida, melhor

Quanto maior o volume semanal treinado (estamos falando em horas de treino, certo!) maior é o ganho de desempenho. Então, se você correr oito horas por semana, a tendência é de ter uma melhor performance do que aqueles que correm três horas semanais.

Outras atividades físicas melhoram a corrida

Interferência de outras atividades físicas na corrida

Já ouviu falar do Princípio da Especificidade? Esse conceito diz que o ganho de performance acontece de acordo com o tipo de atividade/modalidade realizada, não há transferência do benefício de uma para a outra. Se você treina corrida, você melhora na corrida; se você nada, melhora na natação.

Se analisar estes dois aspectos que citamos acima: volume semanal mais a especificidade, você vai pensar logo de cara que não vale a pena perder tempo em fazer outras atividade físicas, que o melhor é focar na qual você realmente quer. Isso é fato e em partes está certo!

Mas por que só em partes? Vamos explicar!

Existem dois grupos de corredores: os avançados que conseguem correr muitas horas por semana e outro que são formados pelos iniciantes, os que estão voltando de lesão e os com sobrepeso. Esse segundo grupo não suporta o estresse do alto volume por semana, então, outras atividades podem ser muito benéficas. Vamos a um exemplo: imagine um corredor que está começando ou que está retomando e faz três horas de treino de corrida e pedala mais duas, na mesma semana. Ele totalizou cinco horas de atividade aeróbia. Se ele não fizesse a bike, ele teria apenas três horas de corrida.

Você deve estar se perguntando: mas e a tal desta Especificidade? Sim, tem o princípio de que comentamos. Se ele fizesse as cinco horas de corrida seria melhor, mas ele ainda não aguenta e pode se machucar. Mesmo que não se machuque, provavelmente ele não irá render nos treinos e de nada irá adiantar fazer de cinco a seis horas por semana e se arrastar no treinamento. Neste caso, outras atividades físicas são muito bem-vindas para somar na sua carga aeróbia semanal.

Outras atividades físicas melhoram a corrida

Já corredores avançados, que estão acostumados com alto volume de treino, não há necessidade de substituir a corrida por outra atividade, não vai ter ganho no rendimento. Por isso, fique somente com a corrida.

Então, lembre-se: para atletas que suportam correr grandes volumes e estão bem adaptados, continue na corrida e esqueça as outras atividades. Aos que estão começando, inclua outras atividades pensando em aumentar a sua carga aeróbia semanal. Você pode começar com 3x de corrida na semana mais duas vezes de bike ou natação. Vá aumentando gradativamente a corrida e tirando as outras atividades, até você conseguir completar uma carga aeróbia semanal de corrida alta sem precisar dos demais exercícios.

Para fechar, um ponto importante. Todo planejamento feito com qualidade na corrida envolve sessões de treinos mais intensos. Se em sua planilha está uma sessão de 20x de 400m na pista, não adianta, independente se apenas com corrida ou somando outros esportes,  fazer oitos horas de volume semanal e não conseguir entregar o treino proposto, porque está cansado. Por isso que é fundamental se conhecer, ver como o seu corpo responde, estar em contato com o seu treinador para ajustar a melhor estratégia e aumentar sempre progressivamente a sua carga semanal total.

Se você quer saber mais sobre esse e outros temas sobre a corrida, venha falar conosco.

Bons treinos!

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta