O que fazer após um treino de corrida desgastante

O-que-fazer-após-um-treino-de-corrida-desgastante

Após um longão ou treino intervalado, o corredor sente a musculatura mais tensa, as pernas pesadas e em alguns casos, dores desagradáveis, deixando a sensação de “travado”. O responsável por essa sensação são as microlesões que os músculos sofrem durante a atividade física. Outro motivo é o ácido lático, composto orgânico produzido pelo organismo para a metabolização celular da glicose com fim de promover energia.

É recomendado um descanso de 24 a 48 horas para a recuperação após um treino intenso ou muito longo. Nesse período o corredor não precisa ficar em repouso absoluto, ele continuará com seus treinos, mas irá realizar de forma mais leve, ou poderá fazer outro exercício de baixa intensidade. Esse tempo de recuperação é importante e serve para seu organismo se adaptar ao próximo estímulo que será dado, por isso nunca o dispense.Veja Mais
Descanso é importante para o treino de corrida

+ Veja Mais
Descanso é importante para o treino de corrida

Para ajudar a aliviar esses sintomas, existem algumas técnicas que podem contribuir para uma ligeira recuperação, que fará com que o atleta esteja mais bem preparado e pronto para os próximos treinos.

As técnicas auxiliam na remoção do ácido lático e no processo inflamatório muscular, acelerando a regeneração do corredor, o que contribuirá para a prevenção de lesões e uma melhor performance. O ideal é que elas façam parte da rotina do atleta, principalmente no período de treinamento de maior volume. Confira abaixo algumas opções:

Bike ou Trote: Você pode pedalar ou realizar um trote leve de 10 a 15 minutos após o treino intenso para soltar a musculatura.

Natação: De baixa intensidade por cerca de 30 a 45 minutos

Crioterapia: É a imersão dos membros inferiores em água gelada entre 10 e 15 minutos, conforme a tolerância do corredor. O atleta entra em um tambor ou uma banheira com gelo e o processo auxiliará no controle inflamatório e ajudará a evitar a dor posteriormente.

Massagem esportiva/liberação miofascial: Exclusiva para a recuperação de atletas, pois possui efeito de drenagem linfática, sendo benéfica para a regeneração, além de ser eficiente para a liberação dos nódulos nos músculos causados pelas contrações musculares.

O-que-fazer-após-um-treino-de-corrida-desgastante

Reposição nutricional: A alimentação pós treino é fundamental para repor os estoques de glicogênio e acelerar a recuperação muscular. Ingerir água, frutas, água de coco, bebida esportiva e equilibrar uma refeição com carboidratos (macarrão, arroz, batata, mandioca) e proteínas (carne, frango ou peixe).

Quer treinar e melhorar a sua performance como corredor? Vem para a Masella?

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta