Doenças, sedentarismo e hábitos não saudáveis!

Doenças, sedentarismo e hábitos não saudáveis!

Nas últimas décadas a população brasileira (e mundial) tem ficado cada vez mais doente, e muito disso deve-se às mudanças nos hábitos de vida, como: rotina intensa de trabalho, alimentação ruim e sedentarismo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta as doenças cardiovasculares como a principal causa de morte no mundo. Em um levantamento recente, a entidade informou que em 2018 o total de óbitos envolvendo essas enfermidades representou 31% das mortes registradas em âmbito global.

Fonte: www.saude.gov.br

Por aqui, o cenário também é preocupante e estima-se que o sedentarismo esteja relacionado com 14% das mortes em todo o país. Só em 2017, 135 mil pessoas morreram por complicações da Diabetes e outras 150 mil por consequências da Hipertensão. Como vemos, tanto aqui quanto no mundo, os números são chocantes, não?

Outras doenças que podem ser causadas pelo sedentarismo e por demais hábitos não saudáveis são:

ANSIEDADE / DEPRESSÃO

No Brasil, 5,8% da população apresenta problemas relacionados a depressão, o que é acima da média global, de 4,4%. Exercícios físicos são um ótimo complemento no tratamento e muito eficaz na prevenção. Atividades como a corrida estimulam a produção de endorfinas e proporcionam a sensação de bem-estar e relaxamento, acentuando sintomas como tensão constante, medo e preocupação. É importante reforçar que a corrida de forma isolada não é eficaz no tratamento, caso você apresente um quadro depressivo. Nesse caso, deve-se procurar um médico para desenhar o melhor tratamento.

TROMBOSE

Sem atividade física e com alimentação precária, a circulação pode ficar comprometida e há um risco maior de formação de trombos (coágulos sanguíneos).

O lado bom: é possível diminuir o risco de desenvolver todas as complicações mencionadas acima apenas adotando a prática regular de atividade física e alimentação adequada, pontos que estão totalmente em nosso controle. O lado ruim: infelizmente não é que vemos acontecer.

Segundo uma pesquisa realizada pelo IBGE e Ministério do Esporte, 45,9% da população brasileira é sedentária, e apenas um quarto dos adultos cumpre a recomendação mínima de exercícios, que é manter-se fisicamente ativo ao menos 150 minutos por semana.

Fonte: www.arquivo.esporte.gov.br

O estudo também mostrou ainda que 28,9% dos brasileiros passam ao menos três horas assistindo à televisão todos os dias.

Você  está dentro desses 45,9% que estão deixando a vida passar sem se movimentar e gastando 3 horas do seu dia em frente a Netflix? Se estiver, saiba que isso pode (e deve) ser evitado, sem ser um processo penoso.

Veja essas 5 dicas simples para começar a sua mudança:

  1. Faça pequenos trajetos a pé ou de bicicleta: pode ser uma ida ao mercado, levar seu filho na escola ou passear com seu pet. Vá aumentando aos poucos o tamanho dos percursos, mesmo que você não precise ir a lugar nenhum e o único objetivo seja caminhar.
  2. Troque os elevadores por escadas. Parece simples, mas após 4 semanas, fazendo diariamente, você notará  a diferença em seu condicionamento respiratório e também um aumento de força nas pernas.
  3. Comece a mudar sua alimentação, retirando aos poucos de sua rotina alimentos ruins – você ficará com mais energia para se movimentar, pode testar!
  4.  Brinque com os filhos: troque um passeio no shopping por uma tarde no parque, andando de skate, jogando bola ou fazendo um famoso pega-pega.
  5. Busque uma atividade física que seja prazerosa (natação, corrida, caminhada ou dança, você que manda) e incorpore de vez em sua rotina. É fundamental procurar uma que lhe traga satisfação, caso contrário a probabilidade de você desistir nos primeiros meses é enorme.

Siga essas dicas, promova sua saúde e ganhe longevidade! Torcemos para que você adote definitivamente hábitos saudáveis em sua vida. E se precisar de algum apoio, clique aqui e entre em contato com a gente, será um prazer ajudar.

Bons treinos e até a próxima!

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta