Como a corrida te ajuda a emagrecer!

Como a corrida te ajuda a emagrecer!

Quer emagrecer com a corrida, mas não sabe como fazer isso de forma correta? Vamos falar das principais estrategias que darão resultados e farão o seu objetivo ser alcançado de forma segura e duradoura.

Hoje em dia há duas linhas radicais sobre o assunto: uma defende avidamente que a corrida, e outras atividades físicas, emagrecem por si só, enquanto outra levanta a bandeira que exercícios não são o melhor caminho para isso. Sabe qual a verdade? Ambas estão erradas! Mas como assim, vocês estão loucos? Muita calma que já vamos deixar tudo mais claro!

Vamos começar analisando a primeira linha, de que a corrida emagrece por si só. Se você está pensando em começar a correr acreditando nisso, lhe garantimos, com muita tristeza, que não vai ter sucesso. O gasto calórico que se tem com a corrida é facilmente recuperado com a alimentação. Para quem está começando isso é ainda mais certo, pois o início de qualquer atividade física é através de treinos curtos e leves, que gastam menos energia. Em muitos casos, por uma alimentação ruim, as calorias gastas no treino não são apenas recuperadas, elas são recuperadas em DOBRO! Isso ocorre porque muitas pessoas ao começar a correr acham que podem se premiar, comendo mais quantidade e com pior qualidade. É uma cena característica: numa quinta-feira qualquer, ao conseguir completar seu primeiro treino de 1 hora, o João chega em casa e pede uma pizza para comemorar. Infelizmente essa conta nunca fecha a nosso favor, levando pessoas que começaram a praticar exercícios a, pasmem, ganhar peso!

Aluna Tânia, início dos treinos. Arquivo pessoal.

Então, de acordo com o cenário acima, podemos falar que os defensores da segunda linha, de que exercício não adianta, estão certos e devemos focar apenas na dieta? NÃO!!! E sabe por quê? Porque eles não levam em conta que hábitos saudáveis puxam hábitos saudáveis. Está claro que para emagrecer deve-se melhorar sua alimentação, não tem mágica. Mas também está mais do que comprovado que pessoas engajadas em exercícios físicos melhoram a forma como se alimentam. Esse estímulo a comer melhor ocorre não só pela corrida em si, mas também pela comunidade na qual estará se inserindo, com outros atletas e treinadores, todos respirando a mesma energia e com objetivos semelhantes, numa atmosfera única. Isso fica evidente quando acompanhamos pessoas que melhoraram a alimentação enquanto praticantes de corrida, mas que ao pararem de treinar (seja por qual motivo for) voltam a comer de forma abusiva. Lembre-se sempre: é muito mais fácil alimentar-se bem quando se tem um objetivo maior do que apenas a perda de peso, como por exemplo correr seus primeiros 10K, melhorar sua perfomance nos 5K ou completar uma São Silvestre.

Tânia, após 18 meses. Arquivo pessoal.

Para ajudar a encarar o processo de emagrecimento, tenha os seguintes cuidados:

CONSISTÊNCIA AO INVÉS DE RAPIDEZ

Na ânsia de perder peso rápido, os que estão começando tentam praticar os famosos HIIT (Treino Intervalado de Alta Intensidade) para acelerar o processo da perda de gordura. Esse tipo de treino realmente queima muitas calorias, porém exige demais da musculatura e das articulações (principalmente para quem está acima do peso), podendo causar lesão. Você deve sempre pensar: se eu me machucar, vou ter que parar de correr. Chateado com essa situação, a chance de “descontar” na comida é enorme… e você já sabe o resultado dessa conta, certo? Então vá com calma e pense sempre na consistência e continuidade do seu treinamento.

ESTABELEÇA METAS

Defina metas possíveis de serem alcançadas. Coloque uma meta maior para daqui 6 meses e divida-a em menores, mês a mês, para servir de motivação. Elas podem ser baseadas no seu peso corporal, nas suas medidas ou até mesmo na numeração de suas roupas. Não tem nada melhor do que ver aquela sua calça ficando larga, garantimos.

ALIMENTE-SE COM QUALIDADE

Ficou claro com a história do João, certo? Não adianta começar a correr e abusar na alimentação, é importante se alimentar com qualidade e sem devaneios. Tome especial cuidado ao se premiar quando conquistar metas na corrida, esse prêmio pode virar, literalmente, um peso.

Corpo post Corrida Emagrecimento
Tânia, batendo seu recorde nos 5km. Arquivo pessoal.

Foque em mudar seu comportamento e inclua definitivamente a corrida (ou qualquer atividade física) e uma boa alimentação em sua vida. Assim terá resultados duradouros, afinal você não quer emagrecer e se manter assim por apenas 1 ou 2 anos, quer?

Esperamos ter contribuído! Se precisar de algum apoio, clique aqui e entre em contato com a gente, será um prazer ajudar.

Bons treinos e até a próxima!

Este post tem 2 comentários

  1. Tania Regina Seixas

    Ahhh… não tinha visto esta materia!!
    Boa tarde dessa transformação é graças a voces!
    Sou team Masella!!!!

Deixe uma resposta